Você Sabe como Funciona a Proteção Veicular?

Desktop

Pela insegurança que sentem ao trafegar em vias públicas, ou mesmo para estacionar o veículo em algum local fechado ou aberto, os condutores brasileiros buscam formas eficazes de proteção que os tranquilizem no dia a dia.

Na hora de escolher a melhor forma se de precaver contra possíveis incidentes, uma dúvida muito comum é a escolha entre um seguro privado e a proteção veicular, já que nem todos conhecem a proteção veicular ou não sabem como ela funciona na prática.

Neste artigo, explicarei o que é a proteção veicular e quais as diferenças entre ela e os seguros privados. Confira e saiba qual é a melhor forma de se proteger contra eventuais problemas no trânsito!

Proteção veicular: o que é e como funciona na prática?

Alguns proprietários de veículos pensam que a proteção veicular é um tipo de seguro privado, mas não é bem assim. Para entender o que é esse serviço, vale a pena saber como ele surgiu e por que tem se popularizado mais nos últimos tempos.

A proteção veicular teve início ainda na década de 1980, quando caminhoneiros de Minas Gerais formaram uma cooperação de ajuda mútua no sistema de rateio. Essa rede de suporte comum cobrava mensalidades dos cooperados para criar um fundo, que seria usado caso algum deles necessitasse.

A proteção veicular é, portanto, um sistema de proteção para veículos, criado e mantido por associações sem fins lucrativos. Esse sistema, iniciado pelos caminhoneiros, é chamado de rateio.

Como funciona esse sistema de rateio? É simples. Para fazer parte da proteção veicular, é preciso ser um associado e os associados pagam as mensalidades. Com o dinheiro dessas mensalidades, é feito um fundo comum para ser utilizado sempre que um associado precisa.

Ou seja, em caso de sinistro (roubo ou choque, por exemplo), o ressarcimento acontece de forma direta, já que o dinheiro vem desse fundo comum entre os associados. Essa é a principal diferença em relação aos seguros, que são oferecidos por empresas de origem privada.

O que a proteção veicular cobre?

Como vimos, a proteção veicular é um serviço oferecido por cooperativas (ou associações). Sendo assim, a cobertura pode variar entre uma organização e outra. Antes de assinar qualquer contrato, certifique-se se a cobertura oferecida atente às suas necessidades.

Geralmente, a proteção veicular oferece cobertura para:

– Roubo;

– Furto;

– Colisões;

– Incêndios;

– Enchentes e/ou alagamentos (assim como outros tipos de incidentes naturais);

– Indenização a terceiros;

– Proteção para vidros e retrovisores;

– Carro reserva e guincho.

Quais são as vantagens da proteção veicular?

A proteção veicular traz uma série de benefícios, como o baixo custo quando comparada aos seguros tradicionais. No entanto, algumas características desse sistema podem gerar receio dos condutores e proprietários de veículos.

Pensando nisso, fizemos uma lista com as principais vantagens e desvantagens da proteção veicular. Vejamos!

Vantagens da Proteção Veicular

Como mencionei acima, uma das principais vantagens da proteção veicular sem dúvidas é o preço da mensalidade, que é muito mais barato do que o que é cobrado pelas seguradoras.

Outra vantagem é que o processo para ser ressarcido em caso de sinistro é bem menos burocrático do que nos seguros. Da mesma forma, para se tornar um associado, os passos são muito mais simples e diretos, sendo que a cobertura já começa a entrar em vigor logo que o contrato é assinado.

Compartilhar esta postagem
Fale conosco!