4 passos para processar uma pirâmide financeira

4 Passos Para Processar Uma Piramide Financeira

Então quer dizer que você é mais uma vítima de uma pirâmide financeira? Sinto muito, é tão difícil juntar uma grana, leva-se muito tempo e inteligência para construir patrimônio, e de repente está tudo na conta de bandidos.

 

Sei da sua dor, é terrível, e estou aqui pra lhe ajudar. Tenho diversos tópicos escritos sobre pirâmides financeiras, vou deixar aqui o link, antes de adentrar o tema de hoje, para caso você tenha interesse, fazer a leitura que também poderá lhe ajudar.

 

Segura aí, porque tem muito conteúdo:

 

As Pirâmides financeiras avançaram durante a pandemia.

 

Parece fundo de investimento, mas é só mais uma pirâmide financeira.

 

Fui vítima de pirâmide financeira, o que devo fazer?

 

As meias verdades das pirâmides financeiras.

 

Pirâmides financeiras.

 

Acaba o mundo, mas não acabam as pirâmides financeiras.

 

Nesses links acima tem conteúdo para um livro sobre pirâmides financeiras, mas o tema aqui hoje é como processar uma pirâmide financeira.

 

Caso você tenha continuado a leitura, permaneça e saiba agora o que fazer.

 

1. Admitir que foi vítima de golpe de pirâmide financeira.

 

Não parece, mas na busca por processar uma pirâmide financeira, a maior dificuldade que vejo nos clientes é admitir que foram vítimas. Ninguém quer passar por bobo, enganado, ludibriado, lesado.

 

Todo mundo quer ostentar a panca de sabidão, de que se dá bem, que tudo dá certo, mas isso só funciona no instagram, na vida real, existe prejuízo sim.

 

Atuamos em casos que pessoas foram lesadas em mais de cinco milhões de reais, mas independente do valor que te levaram, o primeiro passo é admitir.

 

Você foi enganado! Encare a realidade, não fique se enganando, achando que vai resolver tudo na maciota, que o piramideiro lhe prometeu que semana que vem vai pagar, não vai!

 

Admitir que tem um problema é o primeiro passo para resolvê-lo.

 

Parece simples, mas vai por mim, atendo todo dia pessoas que não acreditam que caíram em pirâmide e ficam tentando disfarçar.

 

2. Juntar todo o acervo probatório.

 

Após ter caído na real, é hora de juntar as provas de que foi lesado. O registro do boletim de ocorrência é importante ser feito logo de início, pode ser inclusive em delegacia virtual, ou em especializadas como repressão a crimes contra o consumidor, ou contra a ordem financeira, caso não tenha na sua cidade faça em qualquer uma.

 

É importante destacar sobre o boletim de ocorrência que ele só será utilizado como prova no processo cível, não pense que a delegacia vai levar adiante e vai prender o estelionatário e devolver seu dinheiro.

 

Eles não vão fazer nada além de registrar seu BO.

 

Recebo muitas consultas aqui de pessoas que estão na esperança que o delegado irá resolver o problema delas, que doce ilusão.

 

A delegacia não vai mover uma palha, o restante do trabalho será no processo e não na delegacia, portanto registre o boletim de ocorrência e pronto. Não espere por mais nada.

 

Junte todas as conversas de aplicativos, whatsapp, telegram, facebook, etc. qualquer rastro, tudo que tiver, números de telefones, endereços, ligações dos piramideiros com outras pessoas, tais como amigos, sócios.

 

Consiga todos os extratos de movimentação financeira, depósitos, transferências, pix, caso tenha sido em criptomoedas, a corretora que fez a negociação e transferência do ativo.

 

Salve os prints das redes sociais dos piramideiros, ainda que tenham apagado, será importante no futuro.

 

Levante o nome de testemunhas, pessoas que acompanharam suas negociações, nome e endereço completo dessas pessoas.

 

Outra dica importante é guardar os dados das pessoas para quem foram transferidos os valores, nem sempre é para uma pessoa jurídica, ou a pessoa do piramideiro, geralmente é para uma conta da caixa econômica em nome de um laranja.

 

3. Contrate um advogado que seja especialista em pirâmides financeiras.

 

Por especialista entenda experiente. A melhor especialização é mesmo a prática e não a pós graduação, como a maioria acredita.

 

Somente a prática nos leva a entender como é que agem os estelionatários da pirâmide financeira, qual é o entendimento judicial a respeito, como restituir os valores roubados, só a prática, acreditem.

 

Em muitos casos, o advogado experiente sabe da necessidade de uma subcontratação de um detetive, uma prática bastante difundida nos EUA, mas pouco acessada no Brasil, e são muitos os processos que se perdem por falta de uma boa investigação.

 

Sobre advocacia investigativa escrevi alguns artigos, sugiro que você leia:

 

Advocacia investigativa, a única chance de vencer casos complexos.

 

Você sabe o que é advocacia investigativa?

 

Um advogado experiente sabe da necessidade de atuar junto a um bom detetive que nesses casos é de extrema necessidade, para descobrir a localização tanto dos golpistas, quanto de seu patrimônio. Acredite é uma luta, mas funciona.

 

4. Prepare-se para a batalha judicial.

 

Muitos se desanimam quando sabem o que vem pela frente, mas é preciso enfrentar. Não pense que será rápido, ou fácil. É demorado, não acredite em mentiras, estou aqui pra lhe dizer a verdade.

 

Processo demora, mas resolve. Caso houvesse qualquer alternativa a processo eu te diria, e iria me especializar nela para resolver seu problema, mas não há e resolver com as próprias mãos aumentará o prejuízo.

 

Tem gente que faz isso, mas se dá muito mal, veja essa matéria onde a vítima que perdeu 8 milhões de reais, sequestrou a mãe e a cunhada do suposto golpista.

 

A Batalha judicial será em sua maior parte no âmbito cível, mas também poderá acontecer na justiça penal.

 

Você que foi lesado, tem como primeiríssima necessidade recuperar seu patrimônio, a questão penal é para depois, primeiro o dinheiro, depois a cadeia.

 

E sim, agora você irá de fato fazer um investimento. Os custos que serão envolvidos nesse caso, pois terão, não acredite em quem pegar uma causa para receber no final, é humanamente impossível realizar esse trabalho sendo mal remunerado, não sendo remunerado, é causa perdida na certa, daí passa-se o tempo e a prescrição chega, o barato sai caro.

 

Caso tivesse consultado um advogado antes de colocar dinheiro na pirâmide, seu lucro seria gigantesco, pois não perder dinheiro também é investir, proteger o capital é a primeira regra de todo grande investidor.

 

Agora resta investir em um ou mais profissionais especializados para recuperar o dinheiro que no momento está perdido, mas que pode voltar para as suas mãos.

 

Essas são as dicas de hoje, e você o que achou?

 

Deixe nos comentários a sua opinião.

 

Envie essa informação para quem precisa.

 

Dr. Rafael Rocha

Compartilhar esta postagem
Fale conosco!